De Par Em Par 2012
3º Encontro Terceira Margem



Na dança contemporânea, vemos confluir proposições poéticas regidas pelos fluxos dos afectos e daquilo que é presente e material, proposições de universos sensíveis em que se multiplicam dramaturgias do corpo, do movimento e da imagem.

Diferentemente das convenções cênicas estabelecidas pela tradição dramática, onde a dinâmica da significação marcou ações, gestos e movimentos, o que assistimos é uma aposta estética da dança em novos territórios de sentido, na sua autonomia em relação às narrativas e nos processos híbridos da arte, que se desviam de linguagens convencionais do corpo e da cena. Trata-se, portanto, de um espaço cujas configurações dramatúrgicas não se fundamentam na lógica de uma linguagem que significa, mas num traçar de movimentos de onde todos os sentidos nascem.

É nessa lógica das sensações que esta edição do Encontro Terceira Margem, realizado pela Bienal Internacional de Dança do Ceará/De Par Em Par 2012, traça um corpo de pensamento que interroga sobre as dramaturgias dos corpos dançantes.


Beatriz Furtado, Leonel Brum e Paulo Caldas

Destaque

  • Jorge Soledar (RJ)

    Dois corpos unidos por longos tubos negros experimentam gestos numa sala de ensaio com grandes espelhos. O vídeo experimenta-se como deleite entre tensões e espelhamentos de formas concretas que subordinam e limitam o corpo.
    Saber mais

Rede Social